Flaming Lips canta Radiohead para homenagear roadie

flaming

Depois de enviar dezenas de tuítes assustados com a tragédia ocorrida no Downsview Park, em Toronto, o vocalista da banda Flaming Lips, Wayne Coyne, resgatou um antigo cover do repertório para homenagear uma das vítimas do incidente — a estrutura preparada para um show do Radiohead desabou, causando a morte do técnico de som e baterista (roadie) Scott Johnson.

A escolhida (mórbida escolha, aliás) foi “Knives Out”, faixa do álbum Amnesiac da banda Radiohead. O show dos ingleses era na mesma noite, também em Toronto (em outro local e evento, no entanto, na Dundas Square). A canção já havia sido executada pelos americanos em uma sessão realizada na rádio californiana KCRW (ouça).

No vídeo, gravado pela audiência do show, o vocalista anuncia música em homenagem à equipe do Radiohead e diz: “Nós não podemos nos dedicar a essa coisa impensável que rolou hoje, mas fomos afetados por isso. Que tenham paz no coração nesta noite. Foi um dia forte. Essa vai para os do Radiohead”. Assista abaixo:

A banda inglesa se manifestou com muito pesar e carinho após o acontecimento. O baterista Philip Selway usou os adjetivos “pra cima”, “pró ativo” e “talentoso” para descrever Scott. “Nós estamos sentindo muito a falta dele. Nossos sentimentos para todos de sua família e a seus próximos”.

O técnico de som já havia trabalhado para outras bandas como Keane e White Lies. Em seu site, a banda irlandesa destacou a morte do baterista “que nós amamos” como algo “devastador”. Outras bandas como o Portishead também mostraram-se sentidas com a perda — o baterista Clive Deamer era amigo e excursionou com o Radiohead na turnê Tge King of Limbs.