Grammy 2014: o retorno do rap, o ocaso de Timberlake e… Sarah Bareilles?

kendrick-grammy-300

O Grammy anunciou suas indicações na última sexta-feira (06) e, como de costume, a lista é uma mistura de boas e más surpresas e muita politicagem.

Estranhamente, Jay Z lidera em número de indicações com 9, mas está fora das categorias principais, cementando sua posição de “tio do pavê” de 2013 – ninguém suporta mais, mas todo mundo respeita por educação. Atrás dele estão Justin Timberlake, Pharrell Williams, Kendrick Lamar, Macklemore & Ryan Lewis com 7, enquanto Daft Punk e Drake estão indicados a 5 prêmios.

Por essa lista rápida, já dá para perceber uma renovada força do rap americano como um todo, mas principalmente nas categorias principais. Kendrick e Macklemore & Ryan Lewis estão indicados a Álbum do Ano e com bastante chance de vitória, com dupla de “Thrift Shop” ainda levando indicações em Gravação do Ano, Canção do Ano e Melhor Novo Artista. Desde 2004 o gênero não leva um Grammy nas “big four” e 2014 pode ser o ano.

A categoria Álbum do Ano tem a lista com mais surpresas. “Red”, de Taylor Swift, levou sua esperada indicação, mas as outras indicações foram um pouco mais controversas. Ainda que as indicações para “Randon Acess Memories” do Daft Punk e “The Heist” de Macklemore & Ryan Lewis não levantem muitas sobrancelhas – são dois álbuns que venderam bem, tem uma mínima aceitação crítica e foram bem longevos – a indicação de “good kid M.A.A.D. city” é merecida, ainda que fosse muito difícil de prever. Por fim, a indicação WTF do ano: “The Blessed Unrest” de Sarah Bareilles, o que é claramente efeito de uma campanha de bastidores bem feita.

Mas a polêmica maior na categoria são as ausências. Justin Timberlake, que se apresentou no Grammy desse ano e foi indicado anteriormente por “Justified” e “FutureSex/LoveSounds”, não levou nenhuma indicação importante por “The 20/20 Experience”, talvez resultado da mancha na credibilidade causada pela vexamosa segunda parte do projeto. (Justin também ficou de fora de Gravação do Ano e Canção do Ano, nas quais “Mirrors” também parecia uma indicação certa.) Drake também ficou de fora da categoria pelo 2º ano consecutivo, mesmo com “Nothing Was The Same” e “Take Care” preenchendo todos os requisitos para uma indicação. “Unorthodox Jukebox” de Bruno Mars também era uma indicação possível, ainda que menos óbvia do que a de Timberlake.

Outros WTFs aparecem na categoria Melhor Artista Novo, o tradicional celeiro das zebras do Grammy. Além das previsíveis indicações para Macklemore & Ryan Lewis, a novata country Kacey Musgraves, Kendrick Lamar e Ed Sheeran, há ninguém menos do que James Blake. Depois de ganhar o Mercury Prize, Blake continua fazendo justiça com o incrível e improvável “Overgrown”, tirando aqui a vaga que seria de Lorde, indicada apenas a Gravação e Canção do Ano com “Royals”.

Além das indicações por “Get Lucky” e “Blurred Lines”, Pharrell Williams ainda concorre – e deve ganhar – o prêmio de Produtor do Ano, no qual enfrenta Rob Cavallo, Jeff Tweedy (!), Dr. Luke e, principalmente, Ariel Rechtshaid (Vampire Weekend, HAIM, Sky Ferreira).

Os suspeitos usuais – Vampire Weekend, The National, Tame Impala, Nine Inch Nails – estão concorrendo com Neko Case (que merecia indicações em nas categorias Contemporary Country) a Melhor Álbum Alternativo, enquanto Daft Punk domina as categorias de música eletrônica.

O Grammy 2014 acontece no dia 26 de janeiro, em Los Angeles. Como em 2012 e 2013, o Fita Bruta terá um live tweeting da premiação. Veja todos indicados às 78 categorias no site oficial do Grammy.

ÁLBUM DO ANO

“The Blessed Unrest” — Sara Bareilles
“Random Access Memories” — Daft Punk
“Good Kid, M.A.A.D City” — Kendrick Lamar
“The Heist” — Macklemore & Ryan Lewis
“Red” — Taylor Swift

GRAVAÇÃO DO ANO

“Get Lucky” — Daft Punk feat. Pharrell Williams
“Radioactive” — Imagine Dragons
“Royals” — Lorde
“Locked Out Of Heaven” — Bruno Mars
“Blurred Lines” — Robin Thicke Feat. T.I. & Pharrell Williams

CANÇÃO DO ANO

“Just Give Me A Reason” — Pink feat. Nate Ruess
“Locked Out Of Heaven” — Bruno Mars
“Roar” — Katy Perry
“Royals” — Lorde
“Same Love” — Macklemore & Ryan Lewis Feat. Mary Lambert

MELHOR NOVO ARTISTA

James Blake
Kendrick Lamar
Macklemore & Ryan Lewis
Kacey Musgraves
Ed Sheeran