Daniel Rossen | Saint Nothing

daniel-rossen-silent-song-300-2-faixa

Existe um sentimento escuso de solidão que Daniel Rossen capta muito bem. No Grizzly Bear e Department of Eagles, ele demonstrou uma abordagem do assunto de quem entende da coisa. Letras não dizem muito, mas dão suas pistas, e a pouca clareza das palavras abre brechas para subjetividade. Em ritmo lento, e com melodias perfeitas até para o imaginário de um crítico.

Gravando sozinho em refúgios encontrados por Nova York, Rossen se desprendeu de padrões rígidos de qualidade para registrar na primeira oportunidade suas novas canções. Tidas antes como um rascunho para o novo álbum do Grizzly Bear, ele percebeu que elas representavam algo diferente. Esse material é a fonte de seu primeiro álbum solo, o EP “Silent Hour / Golden Mile”, que tem previsão de lançamento para 19 de março.

“Saint Nothing” é a primeira música divulgada. Regida por um piano seco titubeando na frente do silêncio, a música incide o diálogo do cético com sua fé. Um santo sem nome cuja fala surge para esvaziar o significado. Encantadora, a desilusão bate pelo lindo arranjo de cordas, enquanto Rossen pergunta até quando isso vai durar.

Um marco para o início das grandes expectativas em 2012. O inesperado EP de Daniel Rossen, e o prometido álbum novo do Grizzly Bear são obras muito esperadas em que a promessa não vai iludir. “Saint Nothing” é a primiera entrega.

Próximo post »
« Último post