Laura Lavieri | Quem Nasceu?

laura-lavieri-quem-nasceu-300-2

Desde que Marcelo Jeneci a escolheu como a voz feminina de suas canções, Laura Lavieri tem sido questionada sobre quando a veríamos cantando um repertório só dela. Fora alguns poucos shows e participações bastante discretas, infelizmente (para nós) Laura tem se mantido arredia à ideia dessa tal “carreira solo”. “Eu costumo não ter planos e isso tem funcionado bem para mim”, disse ela recentemente à apresentadora da TV Cultura Roberta Martinelli em resposta a tal “pergunta que não quer calar” se 2013 será ou não o ano em que a veremos brilhar sozinha.

Seja como for, “Quem Nasceu?”, a primeira gravação solo de Laura, prova que ela só precisa escolher quando para tomar seu lugar de direito. Gravada para o ótimo tributo ao compositor Péricles Cavalcanti organizado pela Joia Moderna, a música (também famosa na voz de Gal) traz Laura acompanhada de seu namorado, Tim Bernardes d’O Terno, e não muito mais. O arranjo simples ressalta a potência e a firmeza vocal de Laura, fazendo-a início, meio e fim da canção. Se a composição original de Péricles era uma espécie de “samba volátil”, pairando no ar em sua leveza, a versão de Laura é totalmente terrena, uma balada de rock classuda que sugere algumas conexões óbvias (Jeneci, Beatles) e outras nem tanto (com alguma malícia, poderia ser uma canção de indie rock como Grizzly Bear ou mesmo Vanguart). “Quem Nasceu?” deixa ainda mais clara uma impressão que eu tenho toda vez que ouço essa voz em primeiro plano: Laura parece destinada a ser uma das grandes cantoras do seu tempo.

  • coisa de luz, irradia Laura.

  • Fê Marconi

    Concordo plenamente. Sou apaixonada pela voz da Laura, é tão linda, suave e marcante que não vejo a hora de poder ouvi-lá mais.

  • Pingback: leon()