The National | Don’t Swallow The Cap

the-national-dont-swallo-the-cap-300-2

Se “Demons” não dizia muito para onde o The National está indo em “Trouble Will Find Me”, a segunda faixa lançada do disco, “Don’t Swallow The Cap”, deixa algumas pistas. Na música, uma daquelas canções de arranjo robusto (violinos!) levadas a meio-tempo tão características do quinteto nova-iorquino, Matt Berninger não canta sobre os amores terríveis que ele não consegue resolver, o dinheiro a quem ele ainda deve dinheiro e todas as outras coisas se perderam nas gavetas da vida dele. Pelo contrário, ele tenta se agarrar aquilo que ele ama e ainda é palpável – os poucos amigos, as bolhas de sabão voando pelo céu, as garotas com quem ele ainda não falo, “Let It Be”, “Nevermind”. “Eu só tenho duas emoções / Medo cauteloso e devoção extrema”, diz ele no início da segunda estrofe, resumindo a carreira de sua banda, ao mesmo tempo desnuda a mudança do personagem que encarnou todo esse tempo. No fim das contas, “Don’t Swallow The Cup” prova até o cara que temia se confundido com um estranho por seus próprios amigos parecer ter algo a perder.