Mr. Catra põe voz grave em bom álbum de samba

Talvez ele seja o único que pode disputar com Zeca Pagodinho a popularidade absoluta de um astro no Rio de Janeiro. Wagner Domingos, ex-vocalista da banda O Beco e bem mais conhecido como MC e Mr. Catra, surge novamente em 2012 para lançar seu álbum de samba. Intitulado “Com Todo Respeito Ao Samba”, é o oitavo álbum do Isaac Hayes brasileiro de sambas compostos cinco anos.

E, ao que parece, é bom. A voz grave Mr. Catra empresta bem aos 12 sambas de temáticas cotidianas, como pede o figurino. O disco conta com a participação da banda de pagode Skema Novo (na seujorgiana – e boa – “Triste Fim da Mina“) e também com algumas composições de Marcio Local, artista mais conhecido internacionalmente por sua mistura de samba-rock com música eletrônica. Se você já está surpreso, saiba: a voz de Catra não é novidade pra quem sacou a biografia do cara e pra quem já marcou presença em um dos seus shows. Ele manda bem à vera.

CRÍTICA Leia nossa opinião sobre o disco do Catra

“Ganhei um samba do meu parceiro Sérgio Meriti, mas o samba era todo lá em casa. Eu, Marcio Local, Dito da Mangueira… Em Uberlândia, encontrei com Pedrinho Ferreira [ex-produtor do Só Pra Contrariar] e foi ele quem tornou esse sonho em realidade. Ele dizia que não gravava mais ninguém, mas eu pedi ‘pô, Pedrinho, ouve essa parada, vê o que você pode fazer pela gente’…”, diverte-se em entrevista à Rádio FM O Dia.

Ouça: “Baseado Na Lei Do Samba” e “Chapa Quente”

Pelas audições iniciais, o Fita garante, no mínimo, um disco muito bom. Catra passeia pelo samba-rock e, inclusive, por um pagodão responsa que é “Happy End” (ouça abaixo). O disco está longe de ser farofa e faz jus à sagacidade artística de Mr. Catra (já exibida no documentário 90 dias com Catra, de Rafael Mellin). “Operário do Funk”, como ele mesmo se classifica devido à média absurda de shows por semana, e bambeando entre o discurso vazio, o mainstream farofa e a crítica social, Catra aparece bem (mais uma vez) em 2012. A primeira, é bom lembrar, foi em “Mama”, faixa em que dividiu um pagode de conteúdo explícito com a amiga Valesca Popozuda.

Ouça: “Chapa Quente” e “Happy End”

Desde já, estamos muito ansiosos para resenhá-lo. Até lá, ouça a sensacional – e pesada (aguarde o primeiro minuto virar) – regravação da clássica “Mangueira é uma mãe”…


… e também a faixa que abre o álbum, “Swing 021” com direito a uma bela introdução:

Ouça na íntegra (ou baixe):

1) Swing 021
2) Triste Fim da Mina
3) Só Não Pode Me Bater
4) Baseado na Lei do Samba
5) Eu Só Quero Paz
6) Chapa Quente
7) Happy End
8) Mangueira é uma Mãe
9) Tão Lindo
10) Essência de Poeta
11) Sua Foto
12) Evolução
13) Minha Vida É um Milagre de Deus

  • Marciolocal

    Um disco que prioriza o ritmo do Brasil o samba,sendo gravado pela voz do Mr.Catra Samba Funk,com um repertório de primeira mão,fico feliz por ter a oportunidade de ter sido escolhido pelo Wagner q é meu amigo,a compor esse lindo repertório.
    Marcio Local.

  • Ramos61

    Que isso ,ficou show, até q enfim gravação de coisa boa ,samba de verdade.

  • Rbrtalison

    prefiro comer merda =)

    • Yuri de Castro

      Site errado, Rbrtalison. Cropofagia é uma das poucas tags que não incluímos no Fita.

      • Sr.Rs

        acho que o cara fico desnorteado de tanto comer merd4… rs

  • Nickolas Leal Fernandes

    Não gosto de funk e, na verdade, gosto de rock, mas cresci ouvindo sampa/pagode graças a minha família e só tenho uma coisa pra dizer: Muito bom essa parada ai.

  • Aline

    Assistindo ontem o profissão repórter pensei que nunca gostaria das músicas do MC Catra e hoje me deparo com essa matéria. Confesso que adorei!!! Mc Catra no samba fico muito bom! NUNCA diga Nunca… nunca vou gostar de funk, nunca vou gostar de rap(…) E eu que ontem estava chocada ao ver a reportagem hoje estou ouvindo um super samba com Mc Catra.

  • Diogo

    Pô, ficou bom!

  • Muito bom…

  • não sei é porque esperava mais do vozeirão do mc catra ou se os arranjos são muito aguados, mas achei chato ouvir o disco inteiro. mais iminência que imanência.

    • Yuri de Castro

      Acho uma análise válida e que, aliás, podemos discutir na resenha do álbum (próximos capítulos)

  • Chico

    Felizmente, não funcionou. Mas isso não quer dizer nada.

  • Barretoyuri

    Por favor deixa de cantar Funk…

  • Angelminerva

    Estou surpresa. O cd é muito bom. A voz do Catra caiu muito bem com esses sambas.
    Parabéns!!!!!!!!!!!!

  • Pingback: Mr. Catra, sambista: “Com Todo Respeito ao Samba” | URBe()

  • Pingback: Utilidades ou não()

  • Pingback: A nova versão de Mr. Catra | As Catarinas()

  • CarlosHenrique

    É O FUNK E SAMBA ANDANDO JUNTOS,PARA NOSSA ALEGRIA!

  • Nome Invalidogiovane

    oiiiiiiiiiiiiiii

  • ALE TOTAL

    QUE QUALIDADE VOCAL ,O SEU FUNK EROTICO NÃO FAS JUS AO SEU TALENTO O SAMBA SIM ENTÃO CATRA FICA NO SAMBA PRA ALEGRIA DE TODOS .