MC Pedrinho | Dom Dom Dom (part. MC Livinho)

É chegada a hora: nos livramos do “Funk Ostentação”. Digo isso porque já temos provas suficientes para aceitar que não precisamos mais lembrar das bobeiras enfeitadas em vídeos KondZilla e blings blings duvidosos. Uma das provas é o rei do gênero, MC Guime, estrelando a abertura de uma novela na TV Globo sem nenhuma marca luxuosa emperequetando suas rimas.

A prova mais cabal é mesmo musical. Em 2014 temos MC Britney com a sensacional “Na Casa do Seu Zé”, MC Vinicinho com o melhor viral de uma marca regional “Senta Gostoso Te Pago Um Guaravita” e, finalmente, a melhor música do gênero no ano: “Dom Dom Dom”, estrelado pelo mirrado MC Pedrinho e por seu comparsa MC Livinho. A voz de criança causa dúvidas por sua similaridade com a voz feminina e daí que tá o charme: falando de um “boquete bom”, a canção é tão certeira quanto rasteira. No entanto, para se livrar dos clichês do funk, espertamente temos a repetição do “dom dom dom”. E ela vai ficar na sua cabeça por um bom tempo. Tem cavaquinho e tem batida em capella diferente da usual.

Comemore povo brasileiro: mais boquete, menos carro de luxo.

E ainda tem o remix sensacional de Omulu. Eu repito: sensacional.

  • Henrique

    carai, que produção massa. essa e pepeka do mal estão mostrando que o funk está com uma produção mais dinâmica/criativa/boa mesmo, sem aqueles mais do mesmo. quase dá pra ver o mesmo potencial de ser o que o hip hop é pros EUA.

  • Ingrid Dirgni

    Q lixo, bota essa criança pra estudar gente.